11 Dicas Pra Aplicar Técnicas De Persuasão Em Vendas!

11 Dicas Pra Aplicar Técnicas De Persuasão Em Vendas!

By

A equação é simples: mais vendas significa mais lucro. Organizar isso direitinho e entender a importância de cada cliente convencido a comprar seu produto pode ser a diferença entre o fracasso e o sucesso. A persuasão em vendas deve ser o foco de todo e qualquer esforço e planejamento.

O maior problema disso tudo é a enormidade de informações, dicas e jeitos mágicos de fazer com que a persuasão seja uma coisa simples.

A persuasão é a arte de fazer com que seu cliente acredite e aceite aquilo que você está oferecendo. E isso está se tornando um trabalho cada vez mais difícil, já que seu cliente está sendo atacado o tempo inteiro, e isso faz com que você precisa se destacar disso.

Mas será que você sabe o que quer dizer persuasão?

A importância da persuasão em vendas

Antes de qualquer coisa, é preciso pensar mais a respeito da expressão “persuasão”. Por mais que muita gente ligue ele a um lado ruim, quase como se estivesse enganando as pessoas ou forçando uma venda, a realidade é bem diferente.

Persuadir está no campo da comunicação. Uma ideia que resume a dinâmica entre duas pessoas onde uma mensagem precisa ser passada para frente. Um interlocutor, no caso da venda, precisa apresentar e convencer o outro lado de que aquele produto ou serviço é a melhor opção.

Não existe ligação nenhuma com qualquer tipo de enganação, mas de conseguir mostrar essa realidade que se mostrará interessante para o cliente. É lógico que esse produto ou serviço tem qualidades, portanto, fazer com que elas sejam claras para seu cliente é a função de uma comunicação transparente. Aproveitar os detalhes dessa dinâmica para que um lado aceite a ideia do outro é “persuasão”.

E não adianta fugir: vender é persuasão. Não aquelas “velhas distorções” que passavam por mentiras, mas uma comunicação que envolve sinceridade e um resultado onde o prometido será entregue e não haverá frustração.

Do lado do vendedor, a persuasão é esse caminho mais rápido entre a ideia e o cliente. Entre a necessidade de vender um produto e a eficiência na hora de fazer com que a pessoa do outro lado da comunicação seja convencida do quanto aquilo é necessário.

Persuasão passa pela responsabilidade do vendedor e a vontade de auxiliar o cliente a conseguir obter a melhor decisão. Persuasão vem com confiança e essa relação não acontece sem honestidade.

Vamos às dicas pra aplicar técnicas de persuasão de vendas

Saiba quem é seu cliente

A excelência de seu atendimento quase sempre está ligada ao conhecimento que você tem. Conhecimento permite você estar preparado para o que está por vir. Seu cliente vai se sentir muito bem tratado se você souber como cuidar dele e não ter que lidar com surpresas.

Quando você traça um perfil de seu cliente, consegue criar uma estratégia e um planejamento que evite desgaste e se transforme e satisfação.

Um cliente merece uma oportunidade única

Crie essa impressão de que aquela oportunidade não pode ser perdida. Uma oferta ou promoção que soe como algo que seu cliente vai ter só naquele momento.

Quando você cria esse senso de urgência, faz com que o cliente não fique travado e sinta a necessidade de tomar uma atitude. Estabeleça um valor, mostre a realidade e lhe dê essa oportunidade de economizar um valor interessante fazendo a compra já.

Seu cliente nunca está enganado

Lembre da boa e velha lei universal da reação oposta e de igual intensidade. Se você apontar um erro ou engano de seu cliente, ele se sentirá mais à vontade para negar sua proposta.

É lógico que você pode negar uma proposta de seu ciente ou apontar alguma discrepância, mas é preciso fazer isso sempre de modo sutil e, se possível, estendendo a conversa para um questionamento que coloque o cliente no comando da conversa, sem perceber que ele não está com algum tipo de razão.

Saiba que palavras usar

Quando você está de frente a um cliente, qualquer detalhe pode significar o sucesso de sua empreitada, portanto, escolha as palavras de modo sábio. A palavra certa faz toda diferença.

Termos que recorram a negativas devem ser evitados, prefira expressões otimistas e faça com que isso ajude o subconsciente a tomar as melhores decisões.

Construa uma ligação emocional

Quanto mais você conhece seu cliente, mais entenderá suas demandas e desejos. Quanto mais conseguir usar a isso a seu favor, mais seu cliente irá se sentir próximo de sua proposta.

Faça com que o cliente diga “sim”

Se você fizer com que seu cliente diga “sim” várias vezes e o mais rápido possível, mais facilmente ele se sentirá à vontade para aceitar sua proposta no final da conversa. Quando o cliente diz “sim”, ele se acostuma a aceitar o que você disser.

Faça seu cliente se acostumar com o “sim”.

Seja um especialista

As pessoas confiam mais em quem é especialista em algo. Elas ficam mais confortáveis para acreditar no que você está propondo. Imagine o quanto é mais fácil aceitar algo sendo dito por alguém que tem conhecimento do produto, serviço e mercado.

Cria uma narrativa que deixe claro o quanto você é especialista e experiente, assim como o quanto sua empresa tem conhecimento de causa.

Deixe o cliente falar

Quanto mais você escuta seu cliente, mais consegue captar detalhes e possibilidades dentro do discurso de seu cliente. Fora isso, todo mundo gosta de ser escutado, isso demonstra empatia e cria um elo de confiança.

Dar atenção para o cliente pode ser o diferencial para o sucesso. Portanto, não interrompa e incentive-a a falar, principalmente se ela estiver falando dela mesma.

Faça um favor

Quando você abre espaço fazendo um favor para seu cliente, mais facilmente a pessoa irá se sentir obrigada a retribuir essa ação e lhe conceder um “sim” no final de toda tratativa. Mas faça isso sem permitir que soe explícito.

Não force a barra e nem faça um favor muito grande, opte por algo simples e que não deixe seu cliente constrangido, mas ao mesmo tempo o deixe se sentir agradecido.

Seja receptivo

Entender as ideias do cliente não é só escutar, é também estar aberto para entender e tentar enxergar a situação através dos olhos de seu cliente. Quando você entende as necessidades de seu cliente isso se torna o ponto fundamento da persuasão, já que você entenderá mais as soluções que ele quer.

A prova social

Mostre para o seu cliente que as pessoas ao redor dele já fizeram a mesma escolha que ele está prestes a fazer. É mais fácil que ele se sinta “dentro” de uma fatia da sociedade que ele já aceita e admira o comportamento.

Depoimentos de outros clientes e cases de sucesso dão cara a essa sua proposta, assim como estatísticas fazem com que o cliente se sinta dentro de um número maior.

Aplique essas dicas de persuasão e vendas

Cada uma dessas dicas pode transformar sua proposta em venda. A persuasão pode muito bem ser um caminho onde você sabe cada passo, mas o mais importante é entender que cada caso é um caso e cada cliente é único.

Entender a demanda da situação é o único jeito de se adaptar ao que está por vir. Assim como a persuasão não deve estar presa a uma fase da venda, como o fechamento, por exemplo, mas entender que essas dicas devem estar presentes em todos momentos.

O “sim” no final é apenas uma fase, o que vem antes, cada estágio deve ser entendido de modo especial. Do mesmo jeito que uma ou outra dica pode caber apenas em um estágio. As variações e possibilidades são infinitas, portanto, sua experiência é o único jeito de você conseguir identificar a necessidade de cada ação na hora da persuasão.

Mais vendas geram mais lucros. A persuasão das vendas é uma realidade. Juntar tudo isso é a receita para o sucesso, mas ela não virá sem muito trabalho. Portanto, arregace as mangas e parta para cima de seu cliente, mas agora “armado” com a persuasão.

As técnicas de comunicação, manipulação e persuasão são semelhantes em diferentes públicos, necessidades e aplicações.

Convencer seu filho a comer brócolis, fazer uma venda milionária ou palestrar pra milhares de pessoas é muito mais semelhante do que você imagina.
 
 
Fonte: serpalestrante

You may also like