Tipos de Equipes e Como Lidar Com Cada uma Delas

É fato que duas cabeças pensam melhor do que uma e é com base nessa ideia que as organizações dividem os seus colaboradores em equipes, para que um possa agregar ao outro e, juntos, obtenham os resultados cada vez melhores. Contudo, o conceito é mais amplo do que parece e existem alguns tipos de equipes predeterminados para que as empresas escolham aquela que melhor funcionar de acordo com as suas necessidades, cultura e metas.
 
Tipos de Equipe de Trabalho Mais Comuns
 
Entender a respeito de cada tipo de equipe se torna necessário para que, ao liderar ou fazer parte de um grupo, saiba qual é a postura ideal a ser seguida. Então, te convido a conhecer os modelos mais reconhecidos e conferir dicas que irão potencializar o seu desempenho como líder ou membro.
 
Equipe Autogerida
 
Como o próprio nome sugere essa equipe não possui um supervisor e todos trabalham de forma colaborativa. A delegação de tarefas é feita através de acordos entre os membros. Então, é fundamental que cada um tenha um senso de responsabilidade muito bem desenvolvido, pois não haverá ninguém cobrando resultados.
 
Como Lidar: fazer parte de uma equipe autogerida requer muita autoconfiança e dedicação, pois, como disse, não haverá um supervisor orientando e dizendo o que deve ser feito. Buscar promover a união e o respeito entre os colegas ajuda a fortalecer os laços e promover a colaboração, então, faça a sua parte e seja um bom exemplo para os outros.
 
Equipe de Força-tarefa
 
O nome é emprestado da área militar, em que grupos são formados para realizar operações especiais. Dentro de uma empresa, as equipes de força-tarefa se formam quando há um problema inesperado que precisa de uma solução rápida. Todos se unem em prol de um mesmo objetivo e se dedicam exclusivamente a ele até que seja resolvido.
 
Como Lidar: para fazer parte de uma equipe de força-tarefa dentro de uma organização, é fundamental ter um amplo conhecimento do negócio e, também, experiência. O raciocínio rápido, a proatividade e o espírito de equipe são habilidades de grande importância e que se destacam nesse tipo de grupo.
 
Equipe de Projetos
 
Esse modelo de equipe tem algumas semelhanças com o da força-tarefa, mas com a diferença de que o trabalho é um projeto, ou seja, tem um planejamento prévio, e, portanto, não se trata de uma situação emergencial. Os grupos costumam contar com profissionais de diferentes áreas que tenham ligação com a proposta em questão.
 
Como Lidar: realizar reuniões periódicas é necessário para trocar e afinar ideias, discutir a respeito de pontos divergentes para encontrar pontos em comum, enfim, falar a respeito de pontos que possam comprometer o entrosamento entre os membros da equipe. Além disso, o uso de ferramentas, como softwares de gestão de projetos, permitirá que todos tenham acesso às informações relacionadas ao trabalho de cada profissional.
 
Equipe de Solução de Problemas
 
No modelo força-tarefa, a equipe é formada para resolver situações emergenciais, já no caso do grupo de solução de problemas, a função é encontrá-las. Essa equipe atua dentro de uma empresa detectando possíveis lacunas nos processos, além de outros tipos de problemas, a fim de encontrar soluções para torná-los mais eficientes. Contudo, ela não implementa soluções, mas sim encaminha cada caso para que o setor responsável realize a parte prática.
 
Como Lidar: para integrar ou gerenciar uma equipe de solução de problemas é necessário ter uma visão holística a respeito da organização. Também é muito importante que os outros setores da empresa tenham confiança nos profissionais que fizerem parte desse grupo, para que abracem as soluções apresentadas e as coloquem em prática.
 
Equipe de Trabalho Funcional
 
Este é, talvez, um dos modelos mais comuns de equipes dentro de empresas que seguem um modelo mais tradicional. Cada setor é formado por profissionais que possuem uma mesma função, como, por exemplo: recursos humanos, marketing, vendas, contabilidade, e conta com um supervisor, que é o responsável por tomar as decisões.
 
Como Lidar: mesmo que seja um modelo tradicional, é possível que o líder adote uma postura atual e tenha uma relação de parceria com os seus liderados. Os colaboradores têm muito a acrescentar aos supervisores com suas ideias e opiniões e ouvi-los pode ser uma forma de tomar melhores decisões e com mais embasamento técnico.
 
Equipe de Trabalho Interfuncional
 
No modelo interfuncional as equipes contam com membros de diferentes áreas, mas que geralmente possuem o mesmo nível hierárquico e têm autonomia para tomar decisões. A ideia central é que um possa acrescentar ao trabalho do outro, representando os interesses da sua área. O responsável pelas vendas, por exemplo, pode trocar informações com o colega que representa o marketing para sugerir formas de conquistar novos clientes.
 
Como Lidar: a parceria é fundamental dentro de uma equipe interfuncional, para que todos trabalhem de forma colaborativa, trocando informações e ideias. Esse clima de união se torna necessário principalmente para a tomada de decisões, para que entrem em um consenso mais rapidamente e evitem divergências.
 
Dicas Para Promover o Trabalho em Equipe
 
Atualmente, é difícil encontrar cargos dentro de empresas que não envolvam o trabalho em equipe, pois grande parte das funções atua de forma conjunta com outras. Nesse sentido, se torna indispensável que os profissionais tenham habilidades para trabalhar em colaboração uns com os outros. A competitividade tem seus benefícios no sentido de motivar, mas deve ser bem dosada para que não cause desunião entre os colaboradores.
 
Independente do tipo de equipe, existem 5 atitudes que ajudam a fortalecer a união do grupo. Veja!
 
1 – Saber Aceitar Críticas: dentro de uma equipe um pode ter muito a agregar ao outro, seja através de críticas ou elogios. Por isso é fundamental saber aceitá-las de forma positiva e não levar para o lado pessoal.
 
2 – Ter Paciência: por mais entrosado que o grupo seja, em algum momento é natural que as opiniões sejam divergentes. Para que tudo se resolva da melhor maneira possível é necessário ter paciência para expor suas ideias sem imposições e saber ouvir os outros também.
 
3 – Dialogar: o diálogo é a única maneira de encontrar o entendimento, então pratique-o e incentive os colegas a fazerem o mesmo.
 
4 – Dar o Seu Melhor: evite fiscalizar o trabalho dos outros, procure focar em fazer a sua parte e dar o seu melhor.
 
5 – Ter um Bom Relacionamento Interpessoal: para que uma equipe seja unida não é necessário que os seus membros sejam os melhores amigos, basta que se respeitem. Procure fortalecer os laços com os colegas, ao invés de passar a hora do café sozinho todos os dias, por exemplo, sente-se com todos à mesa. Esses pequenos gestos ajudam a tornar o ambiente mais agradável.
 
 
Fonte: JRM Coaching



Comentários