Supere os clientes mais difíceis com essas dicas simples!

Se existe algo que mete medo em qualquer um, são os clientes mais difíceis. E quanto mais complicado for o cliente, maior deve ser seu esforço para ultrapassar essa barreira e tornar essa relação a melhor possível.
 
E não adianta fugir, cedo ou tarde, você dará de frente com um cliente difícil e terá que trabalhar essa situação com paciência. O importante disso tudo é não fugir desse tipo de problema. Um cliente insatisfeito não é uma opção. O único modo viável é um cliente feliz.
 
Se seu cliente é difícil, torne-o fácil. Dê a volta e seja o oposto disso. Um cliente difícil deve encontrar um vendedor fácil, equilibrar a equação e efetuar o negócio.
 
Descubra então como resolver seu problema com clientes difíceis.
 
Clientes mais difíceis merecem mais atenção
 
O primeiro passo que você deve dar é esquecer os velhos esquemas e fórmulas mágicas. Não existem mais scripts ensaiados e truques, o que funciona agora é uma boa conversa que flui com naturalidade e abraça o cliente.
 
Umas das técnicas mais usadas nesse caso é o rapport, que consiste em criar uma ligação quase inconsciente entre você e seu cliente. A dica é estabelecer uma conexão. Se seu cliente está em pé falando alto, fique de pé e fale alto. Aos poucos, vá você próprio diminuindo o volume e acalmando o clima, na sequência você verá o seu cliente fazer o mesmo. Ele irá mimetizar você do mesmo jeito que você fez com ele.
 
Por isso é tão importante escutar e entender seu cliente, aos poucos ir se adaptando a ele e “falando a mesma língua”. E quanto mais você escutar seu cliente, mais ele vai sentir que você se importa com ele.
 
E se seu cliente é complicado por causa de uma indecisão, tudo bem, escute o que ele têm a dizer e lhe apresente novas possibilidades e opções. Demonstre para ele que a sua indecisão é entendível, mas que você tem várias opções.
 
Como conquistar um cliente inseguro
 
E não para por ai. Existem ainda uma lista enorme de tipos de clientes. Os inseguros precisam de confiança e organização, precisam ter a impressão de que não estão sob nenhum tipo de risco. É preciso assegurar a eles que o seu produto é uma solução que ele pode confiar.
 
Um cliente inseguro merece sempre um encontro cara a cara e a impressão de estar sendo bem cuidado.
 
Mas, talvez, um dos clientes mais complicados seja aquele que tem a mais absoluta certeza de que sabe de tudo. Simples assim, ele tem certeza que conhece mais o seu produto e sabe melhor até o jeito que você deve interceder. Mas não se irrite, pelo contrário, seja enfático e demonstre o seu conhecimento e experiência. Não discuta, mas deixe bem claro qual o papel de cada um nessa relação de compra e venda.
 
Por fim, existe ainda um tipo muito complicado de cliente, aquele sem limites. O tipo que liga nos horários errados e cobra situações e solução que não estão ao seu alcance naquele momento ou situação.
 
Para essas pessoas, a solução é simples: imponha limites. Explique que só está trabalhando em um horário específico. Uma dica valiosa é acumular as respostas para a segunda-feira, não responda na hora e demonstre que a partir daquele momento essa será o esquema corrente.
 
Mas, sobre tudo isso, existe uma dica que pode ser mais eficiente que todas essas: a prática. O único jeito de você aprender a lidar com clientes difíceis é tendo que “enfrenta-los”, conhecendo-os e aprendendo com cada situação mais complicada.
 
Não adianta ter medo de clientes difícil, o que você deve fazer é encarar essas dificuldades e ultrapassá-las.
 
 
Fonte: Ser Palestrante



Comentários