Fidelização de clientes: O esforço necessário para encantar

Com frequência vejo vendedores com a adrenalina a mil quando estão prestes a fechar um grande negócio. Fazem tudo pelo prospect. Já viu essa história? Acredito que você já deve ter feito algo assim:
 
– Acordar mais cedo que o habitual para encaixar a reunião com a agenda do cliente;

– Abrir mão de sua rotina de trabalho para fazer uma visita;

– Deixar seus compromissos pessoais de lado para preparar a apresentação de vendas;

– Passar a noite em claro acertando os detalhes da proposta;

– E por aí vai.
 
Não que isso seja errado. Investir tempo e energia em um prospect promissor é sim muito importante, mas a reflexão que quero propor é a seguinte:
 
Você faz o mesmo pelos seus atuais clientes?
 
Quantas vezes você já perdeu uma noite de sono pensando em formas de fidelizar aquele cliente que já compra de você? Quantas vezes trabalhou até mais tarde buscando formas de surpreender quem está ao seu lado? Que estratégias de fidelização de clientes você já colocou em prática?
 
Confesso que nunca vi equipes de vendas reunidas até altas horas da noite debatendo formas de encantar seus atuais clientes, mas já perdi as contas de quantas histórias ouvi a respeito de noites investidas na preparação de apresentações de vendas para prospects.
 
Qual é a lógica desse raciocínio?
 
Como vendedor, consultor e palestrante de vendas entendo que a conquista de um novo cliente é algo sensacional. A sensação da conquista é indescritível. Mas esse, certamente, não é o melhor caminho para negócios lucrativos e clientes fieis.
 
Torço, espero e acredito que esse “puxão de orelha” faça você refletir sobre suas atitudes em relação a este problema.
 
E se você é um raro profissional que perde horas de sono para cativar ainda mais seus cientes deixe um comentário aqui no blog ou envie um e-mail contando sua história. Será um prazer contá-la aqui.
 
Sucesso!
 
 
Fonte: Marcelo Caetano



Comentários