5 estratégias que facilitam a transição para o trabalho remoto

5 estratégias que facilitam a transição para o trabalho remoto

By

Neste exato momento, existem grandes chances de o coronavírus ter afetado sua vida profissional e você estar trabalhando em casa. Caso esteja animado por não ter que usar uma calça comprida ou correr o risco de ser contaminado por alguém da sua empresa, saiba que o cenário corporativo está mudando rapidamente.

Veja 5 estratégias que facilitam a transição para o trabalho remoto e preservam sua sanidade:

1. Descubra qual a melhor maneira de trabalhar e peça ajuda

A coach de liderança focada em pontos fortes individuais Marta Hanson convida seus clientes a refletirem: “Consigo o melhor de mim quando …” e “Consigo o pior de mim quando …”.

O que você sabe sobre como pode trabalhar melhor? De que forma é possível incorporar isso à sua nova vida profissional em casa?

Minha colega Steffani Bangel descreve sua maior preocupação como “medo de distração” e “acabar se tornando um caos humano, sem conseguir conduzir uma rotina com disciplina”. Para ela, atuar em casa pode fazer com que permaneça no trabalho por horas, sem usar seu corpo de forma produtiva.

Uma das maneiras de cuidar de si mesmo é a inclusão de pequenas atividades durante o dia, como dar um passeio na hora do almoço ou estacionar um quarteirão mais longe do local de uma reunião para andar alguns passos a mais.

Muitas pessoas com quem conversei se preocupavam com o isolamento social. Evitar isso pode exigir uma dose de proatividade e confiar mais na tecnologia virtual. Para quebrar minha própria agenda, eu marco caminhadas, conversas por telefone ou sessões de vídeo com colegas e amigos ao longo do dia.

Mesmo antes do coronavírus, tinha dias em que eu não interagia fisicamente com aqueles que não moram comigo. Demorou um pouco para me acostumar, mas agora sou ótima em agendar esses horários e não fico tão louca.

2. Arranje um espaço de trabalho reservado e crie uma rotina

Especialmente em tempos de incerteza, é provável que você deseje alguma normalidade. Você pode construir isso.

Após 15 anos de atuação remota, Nicole Sturgill recomenda configurar um espaço de trabalho dedicado. Embora hoje ela tenha um escritório em casa, diz: “Mesmo quando estávamos em um apartamento de 50 metros quadrados em Nova York, eu tinha uma mesa separada na sala de jantar apenas para trabalhar. Esse era o meu espaço e ninguém mais o usava”.

Veronica Brooks-Uy atua em casa há vários anos e sua perspectiva é semelhante. Ela explica: “O espaço reservado me ajuda a ter uma divisão física literal do trabalho e do lar”. Ela faz uma comparação com a maneira como os especialistas sugerem que os quartos permaneçam limitados ao sono e relaxamento, para que nossas mentes e corpos o associem apenas a essas atividades. No entanto, ela não é rigorosa. Quando precisa mudar de foco ou fazer uma pausa, ela migra para outros cômodos da casa para uma redefinição.

É particularmente valioso ter um espaço reservado se a sua rotina incluir videoconferências. É bom ter um espaço sobre o qual esteja certo de que a iluminação e o wi-fi sejam fortes e não faltem tomadas (e que não apareçam roupas íntimas acidentalmente no chão ao fundo).

Depois de configurar seu escritório em casa ou um espaço de trabalho reservado, pode ser tentador ficar de pijama o dia todo. Mas é possível resistir a esse desejo. Nicole sugere que “você se levante e se prepare como se estivesse saindo de casa”. Embora possa optar por roupas mais confortáveis, o processo de tomar banho e se organizar para o dia como se estivesse saindo ajuda a entrar no ritmo do trabalho.

Ao identificar o que é mais importante para você, procure ajuda. Considere com quem você pode compartilhar suas preocupações e estratégias, sejam supervisores, colegas, familiares ou amigos. Todos podem mantê-lo centrado nas responsabilidades e oferecer a conexão necessária.

3. Compartilhe o contexto no qual está inserido

Mesmo antes do surto de coronavírus, eu e meu marido trabalhávamos principalmente em casa. Também cuidamos da nossa criança aventureira e (geralmente) encantadora de 1 ano que ainda não vai para a escola.

Hoje, meu parceiro e eu não nos comunicamos da maneira correta sobre nossos horários, e eu tive que atender uma ligação de um cliente enquanto cuidava do bebê. No início da conversa, expliquei a confusão e pedi desculpas pelos barulhos extras e distrações ocasionais. O cliente foi extremamente compreensivo e, felizmente, o garoto estava bem calmo, exceto quando me cutucou na axila e começou a gargalhar.

No contexto do coronavírus, clientes e colegas precisarão ser mais flexíveis do que o normal. Com creches para animais de estimação fechando e escolas adiando as aulas, muitos se encontrarão cuidando de responsabilidades pessoais durante o expediente profissional .

Esteja pronto para se adaptar à medida que imprevistos surgirem. Algo tão simples como uma entrega de supermercado pode causar uma interrupção e é um novo motivo para desviar o foco do trabalho.

Reconheça o que está acontecendo com você e pergunte se há algum contexto relevante a ser explicado antes de iniciar uma colaboração ou uma reunião virtual. Esse novo cenário pode ser uma oportunidade poderosa para mostrar compaixão e reconhecer toda a humanidade nos colegas.

4. Identifique suas necessidades de gerenciamento de tempo

Muitas pessoas com quem falo se preocupam com as distrações pessoais em casa que interferem no trabalho. É preciso equilíbrio.

“Não se preocupe muito com tarefas como lavar a roupa ou esvaziar a máquina de lavar louça”, diz Nicole. “Se estivesse em um escritório, as pessoas iriam à mesa para conversar, você sairia para tomar café ou almoçar etc. Isso não acontecerá em casa, por isso, não há problema se você demorar 15 minutos para cuidar de uma tarefa. O tempo é a mesmo.” Isso é especialmente verdade quando o país inteiro está na mesma situação.

Como alternativa, se você sabe que tem dificuldade para ser produtivo fora do ambiente corporativo, tente criar alguns mecanismos de suporte para garantir que não se distraia. Aplicativos de gerenciamento de tempo como o Tomato Timer podem ajudá-lo a trabalhar com pausas e fazer intervalos regulares.

Outra ferramenta é considerar como gerenciava o tempo quando sua agenda estava mais bagunçada no passado. Talvez durante a faculdade você tenha tido prazer de estudar em grupo. Existe algum amigo que também esteja trabalhando remotamente com quem você pode ter um encontro de estudo virtual? Pode ser um ótimo momento para se reconectar com colegas que não moram nas proximidades.

5. Seja flexível e se esforce para ter compaixão

O coronavírus criou um cenário totalmente novo e todos estão se adaptando rapidamente. Não se sabe quanto tempo isso vai durar ou o que o futuro reserva. Pode ser assustador. Todos estão sob uma quantidade significativa de estresse, imaginando o que isso fará com as rotinas, finanças e entes queridos.

É provável que todos que você ama estejam passando por alguma versão desse cenário. Este é um momento poderoso para se conectar e oferecer a nós mesmos, colegas e amigos mais compaixão.
 
 
Fonte: Forbes

You may also like