6 tendências no setor de indústria para os próximos anos

Acompanhar as tendências da indústria 4.0 é fundamental, especialmente para uma empresa que pretende expandir para outros países. O avanço da tecnologia é um caminho sem volta, e a companhia precisa se adequar o quanto antes. Quer saber quais são os principais fatores para ficar de olho? Acompanhe!
 
1. Inteligência artificial
 
A robótica e a análise de dados vão estar ainda mais presentes na indústria daqui para frente. Os robôs inteligentes serão capazes de realizar tarefas repetitivas e que exigem um aprendizado constante.
 
Isso dará ao homem a oportunidade de se especializar em análise de dados e riscos, gerenciamento de projeto e outras demandas que requerem adaptação, raciocínio e comunicação.
 
2. Impressora 3D
 
A impressão 3D pode ser utilizada na redução de custo ao repor uma peça ou criar um modelo de estudo. Se antes era necessário utilizar seis peças para criar um produto, com a nova máquina é possível usar apenas uma. Isso ajuda a reduzir o desperdício e o tempo de espera para fabricação.
 
3. Nanotecnologia
 
Essa é a tecnologia utilizada para manipular materiais em uma escala atômica e molecular. Ela cria inúmeras possibilidades de uso em diversos setores, como o farmacêutico e o têxtil.
 
A nanotecnologia também possibilita a criação de embalagem especial para um alimento ou bebida, a fim de evitar a proliferação de bactérias e aumentar a vida útil do produto.
 
4. Automação
 
Uma forte tendência da indústria é a automação. Ela permite aumentar a produtividade e a precisão nos processos em diversos ambientes. Por exemplo, com o uso de software para dar agilidade a tarefas burocráticas do setor financeiro.
 
Dessa maneira, uma ferramenta ou robô pode executar um trabalho que antes era feito manualmente, permitindo que o ser humano foque em outras atividades mais estratégicas.
 
5. Conectividade
 
A indústria 4.0 terá alta conectividade. Softwares, máquinas e plataformas serão interligados a fim de gerar dados preciosos para o gestor. Com isso, será possível otimizar os processos e ter insights para fazer o negócio prosperar.
 
6. Internet das Coisas
 
A Internet das Coisas (IoT) consiste em permitir a conexão entre o mundo físico e o virtual. Os equipamentos terão cada vez menos interferência humana, o que permite a produção em larga escala.
 
Ela já está presente no nosso dia a dia, como é o caso de algumas televisões inteligentes (Smart TV). Mas também proporciona vários benefícios para a indústria. Por exemplo:
 
– diminuição de operações paradas;

– melhoria na performance;

– novas oportunidades de negócio;

– redução do ciclo do ativo.
 
As tendências da indústria 4.0 prometem revolucionar a produção nos próximos anos e aprimorar a maneira de executar tarefas. A sua empresa está preparada para isso? Assine nossa newsletter para receber mais conteúdos relevantes que podem te ajudar nessa transição.
 
 
Fonte: Santander Negócios e Empresas



Comentários