11 dicas de comunicação de vendas para aumentar seus resultados!

Você pode ter o melhor dos produtos e o maior dos esforços, mas, sem ter comunicação de vendas, é mais provável que tudo isso não dê em lugar nenhum. É preciso entender que existem técnicas e modos eficientes de fazer seu trabalho ou produto chegar a mais pessoas, basta mergulhar de cabeça neste conhecimento que vou falar aqui.
 
E é lógico que saber que só isso separa você, sua empresa ou serviço do sucesso pode trazer insegurança, mas acredite, quando você consegue ligar a comunicação com a eficiência de suas vendas, o resultado é o sucesso.
 
Por isso é tão importante para você ou seu produto que você não seja apenas um empresário, gerente ou vendedor. É preciso ser um comunicador, gerenciador e, mais do que tudo, um sedutor. É preciso ser um verdadeiro EXTREME SPEAKER!
 
Confira então 11 dicas de como atingir essa comunicação de modo tão eficiente que as pessoas nem percebam que você está vendendo.
 
11 Dicas de Comunicação de Vendas
 
– O que o cliente quer – É preciso encontrar o que liga seu produto ao seu cliente. Não algo que ele simplesmente queira, mas sim algo que o beneficie e possa fazer parte dele.
 
– Jiu-jitsu linguístico – É praticamente uma batalha. Você precisa encontrar as objeções do discurso do interlocutor, e isso você consegue fazendo só perguntas. Você só precisa perguntar, sempre relacionando-as a resposta anterior, mas o mais importante, sem nunca usar a expressão “por que”.
 
– Problemas – Esteja preparado para dúvidas que seu cliente pode ter e que problemas ele pode apontar. Nunca hesite em uma resposta.
 
– Gatilhos Mentais – O cérebro toma decisões sozinho. É como um jeito automatizado de não perder tempo resolvendo cada detalhezinho. Os gatilhos mentais são esses detalhes que disparam essa automatização. Encaixar sua venda dentro desses padrões, faz com que o seu cliente aceite seu produto sem nem perceber que não tem força para negar isso, já que está sendo forçado por seu subconsciente.
 
– Estabeleça confiança – Seu cliente precisa confiar em você. E se isso é difícil na primeira compra, aos poucos vá criando essa relação e, quanto mais isso for forte, mais ele irá confiar em você.
 
– Conheça com quem fala – Quando você conhece seu cliente, tem interesse na vida dele e consegue passar para ele essa empatia, é mais que provável que essa venda seja fechada. E o quanto você conhece dele é algo que vai se formando através das vendas e relações.
 
– Feedback – É preciso escutar seu cliente. Simples assim, enquanto ele tiver algo a dizer ou crítica a fazer, você terá que ser o ouvinte perfeito. Comunicação é uma via de duas mãos, portanto aproveite ambas.
 
– Seja flexível – Você precisa estar pronto para se encaixar em qualquer situação. Seu cliente tem que ter a impressão de que você está preparado para o que ele quiser, mudar ou encaixar.
 
– Chamada para a ação – Se você tem um produto, se conseguiu se aproximar do cliente, ganhar sua confiança, escutou o que ele tem a dizer e se encaixou em sua suas necessidades, agora falta só a parte mais importante: convidá-lo a fazer algo com tudo isso. Comprar, de preferência. Tem muita gente que esquece isso e vê sua venda afundar.
 
– Não subestime – Ficou para trás o tempo onde o vendedor consegui enganar o cliente com alguma técnica. Todos hoje estão muito mais acostumados e atentos. Portanto, seja sincero e não justo.
 
– Acredite – Antes de qualquer produto, estratégia ou técnica, existe uma pessoa que precisa ser convencida: Você. Se você não acreditar no que está vendendo, ninguém vai. Portanto, convença você de que você é capaz de fazer isso e você conseguirá fazer.
 
 
Fonte: Ser Palestrante



Comentários